Fonte: exame.com

Emissões de CRAs quintuplicam e atingem quase R$ 2 bilhões. As captações via Certificados de Recebíveis do agronegócio (CRAs) alcançaram aproximadamente R$ 2 bilhões no primeiro semestre deste ano, montante cinco vezes maior na comparação com os R$ 419 milhões emitidos em igual intervalo do ano passado. As informações foram divulgadas nesta terça-feira, 14, pela Cetip.

Considerando apenas o mês de junho, foram realizadas duas captações de R$ 675 milhões cada, sendo uma pela Raízen, joint venture entre Shell e Cosan, e outra pela Suzano Papel e Celulose.

Já o estoque atingiu R$ 3,7 bilhões no fim do mês passado, aumento de 236% em relação ao mesmo período de 2014. O estoque é o volume que está na carteira de investidores, excluindo as aplicações já vencidas ou resgatadas.